BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS

"Anástasis- A Verdade é uma Mentira"







O Anástasis já não se encontra à venda em nenhuma livraria. Caso estejam interessados em adquiri-lo contactem-me, pf, via email: anastasis.maria@gmail.com.



Boas Leituras!





quarta-feira, 16 de abril de 2008

A Voz e as Periferias...

Neste Dia Mundial da Voz apetece-me fazer uso dela e gritar, especialmente a todos os que não me querem ouvir, para que se faça um pouco mais de justiça.

Ontem tive oportunidade de ter uma conversa bem, para ser franca, foi mais um desabafo, em que alguém de lágrimas nos olhos me dizia: "Andamos nesta luta há séculos! Tenho 30 anos e ainda não consegui alcançar a tão desejada independência, ou aquilo a que ouço chamarem de estabilidade profissional, sim porque nem sei o que isso é ou sequer a que é que cheira."
E eu questiono-me... Certos "bem sucedidos" declaram frente às câmaras em como cresceram pelo esforço que fizeram... Eu, peço desde já desculpa mas, não acredito que o segredo seja somente esse, até porque conheço, bem de perto, quem lute há uma vida para conseguir conquistar apenas aquele espaçozito, sim aquele básico para a grande parte dos comuns mortais, e nunca mais lá chega.
Neste Dia Mundial da Voz sinto-me solidária com todas aquelas pessoas que se entregam diariamente aos seus sonhos, e digo-lhes em VOZ ALTA que embora ainda estejam à margem da vida que desejariam ter há sempre quem se orgulhe do seu esforço e quem ache que já valem pela história que têm feito.
Força, estou convosco! Pois, também eu sei o que é andar a vaguear pelas periferias...

3 comentários:

zelig disse...

Estou rouco, vá lá saber-se porquê lol

Daniela disse...

Eu acho que as espectativas do que é esse mesmo espaçozinho a que todos temos direito são muitas vezes demasiado altas. Infelizmente deixamo-nos sucumbir a essa pressão quase que socialmente imposta, que todos temos que ter um curso universitário, um emprego que nos faça render milhões, uma casa, dois carros, 2.1 filhos, e um cão e um gato.
Não sei quem são essas pessoas que em frente às câmeras dizem tais coisas, mas aposto que são as mesmas que agora, depois de se sentirem realizadas, passam os dias em competições como quem vai passar férias aos sítios mais exoticos, ou esquiar mais vezes durante o inverno.
Infelizmente não nos sentimos bem na nossas peles e ligamos demasiado a superficialidades.
A "estabilidade" não segue modelos, e todos deviamos ter mais coragem para seguir os nossos instintos. Espero que a maturidade traga isso mesmo, essa paz interior tão esperada.

Anónimo disse...

O grito é a raiva que mostramos pela impaciência em esperarmos o quê?
O grito é a alegria porque pensamos alcançar o quê?
O grito deverá ser sempre a expectativa que nos leva a descobrir o Azul (o mar horizonte; o universo celestial;o FCP).Enfim, a Vida!

Um beijo,
Pai